ENTRE DEUS E O HOMEM

Há qualquer coisa de Epifânio na poesia. Ela é como que uma divina visitação à nossa humana condição. Octávio Paz verbalizou: «A poesia é o ponto de intersecção entre o poder divino e a liberdade humana». A liberdade humana é o chão que acolhe o poder divino. É por isso que a poesia é bela, arrebatadora. É por isso que os santos são grandes poetas. Mesmo que não escrevam, inscrevem o maravilhoso na nossa vida. Eles são os transportadores do eterno para o tempo!


Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante