TAMBÉM SE FALA COM A VIDA

Uma coisa que anda muito nos lábios nem sempre anda muito na vida.
Às vezes, funciona apenas a compensação.
Há coisas muito presentes nos lábios para compensar o facto de estarem ausentes da vida.
É certo que, por regra, falamos do que sentimos. Mas também é verdade que, muitas vezes, falamos ainda mais do que não vivemos.
Nem sempre quem mais fala do povo está ao lado do povo.
Nem sempre quem mais fala de liberdade quer os outros livres.
Às vezes, fala-se do povo para ver se o povo não se apercebe do quanto está a ser prejudicado.
E fala-se da liberdade para ver se as pessoas se acostumam a ser oprimidas.
Quando uma coisa está presente na vida quase dispensa se fale dela. Afinal, a vida também fala.
A linguagem vivencial é mais poderosa que a mera linguagem vocal!

Frei Francisco Bezerra do Nascimento, OFMConv.


You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante