,

REFLEXÕES QUARESMAIS

Quaresma – 17ª Reflexão

E a gratidão, Senhor? Como viver a gratidão?

A alegria baila nos Teus olhos quando me dizes:
Sabes, meu filho, são mais as reclamações do que os agradecimentos, e não devia ser assim.
Mas quando o coração transborda de amor por perceberes que te foi concedido o que precisavas, a tua boca e todo o teu ser abrem-se para agradecer a graça concedida, e as palavras faltam-te, por isso repetes insistentemente: obrigado, obrigado, obrigado!
E esse sentimento, meu filho, vale para as coisas de Deus, mas vale também para tudo o que de bem te fazem os outros, e que os outros fazem de bem à humanidade.
É que só com o agradecimento, só com a gratidão, se torna completo o bem que é dado.
E não te esqueças nunca de todos aqueles que fazem coisas por ti, que intercedem por ti, e tu nem sequer sabes. A todos esses anônimos, envolve numa oração de intercessão, entregando-os, e pedindo por eles a Deus.
Da reclamação vem amargura à vida. Da gratidão só vem o bem-estar à vida.

Sabes, Senhor, lembro-me sempre do meu pai me falar da gratidão! Percebo-o ainda melhor, agora.

Peço-Te, Senhor:
Abre o meu coração e a minha vida à gratidão!
Que eu nunca me esqueça de agradecer verdadeiramente a todos aqueles que fazem o bem, a mim e aos outros. Que por eles eu interceda nas minhas orações diárias.
E a Ti, Senhor, que em tudo e sempre dê graças, até mesmo por aquilo que agora possa ainda não entender.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante