,

REFLEXÕES QUARESMAIS

Quaresma – 10ª Reflexão

Penso na Igreja e nas vezes que A critiquei, por vezes com pessoas que nada tinham a ver com Ela.

Com os olhos entristecidos, Senhor, dizes-me cheio de amor:
É verdade, meu filho, que por vezes criticas a Igreja, não cuidando de perceber em que lugar estás e com quem estás a falar.
E Eu pergunto-te se também criticarias a tua mãe, em espaços públicos, com pessoas que não fossem da tua família?
Porque criticas então a Igreja, Mãe e Mestra, com pessoas que nada têm a ver com Ela, apenas porque não querem? É que assim não constróis e antes pelo contrário afastas ainda mais quem já anda afastado.
Lembra-te que a critica deve ser sempre para ajudar a construir, unir e melhorar, como tal deve ser feita no espaço próprio, que é a própria Igreja.

Reconheço, envergonhado, a minha culpa.

E peço-Te:
Ajuda-me, Senhor, a não fazer critica fácil, que é mais má língua, do que critica construtiva, ou desejo de ganhar melhor conhecimento da Igreja.
Ensina-me, Senhor, a discernir os tempos, os espaços e as pessoas com quem posso falar sobre a Igreja, para obter respostas ou para ajudar a construir e a unir a Tua Igreja.
Enfim, Senhor, ensina-me a ser Igreja.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante