PROMESSA DA ALIANÇA E MANIFESTAÇÃO DO SENHOR NO SINAI

19,1 No mesmo dia, em que se cumpriam três meses da saída do Egito, Israel chegou ao deserto do Sinai. 2Partindo de Rafidim, chegaram ao deserto do Sinai, onde acamparam. Israel armou ali suas tendas, defronte da montanha.
3Moisés, então, subiu ao encontro de Deus. O Senhor chamou-o do alto da montanha, e disse:
“Assim deverás falar à casa de Jacó
e anunciar aos filhos de Israel:
4Vistes o que fiz aos egípcios,
e como vos levei sobre asas de águia
e vos trouxe a mim.
5Portanto, se ouvirdes a minha voz
e guardardes a minha aliança,
sereis para mim a porção escolhida
dentre todos os povos,
porque minha é toda a terra.
6E vós sereis para mim um reino de sacerdotes
e uma nação santa.
São estas as palavras que deverás dizer aos filhos de Israel”.
7Moisés voltou e, convocando os anciãos do povo, expôs tudo o que o Senhor lhe tinha mandado. 8E o povo todo respondeu a uma só voz: “Faremos tudo o que o Senhor disse”. Moisés transmitiu ao Senhor as palavras do povo, 9e o Senhor lhe falou: “Virei a ti numa nuvem escura, para que o povo ouça quando falar contigo, e creia sempre em ti”.
10Tendo Moisés transmitido ao Senhor as palavras do povo, o Senhor lhe disse: “Vai ao povo e santifica-os hoje e amanhã. Eles devem lavar as suas vestes, 11e estar prontos para o terceiro dia, pois nesse dia o Senhor descerá diante de todo o povo sobre a montanha do Sinai. 12Fixarás em torno da montanha um limite para o povo, dizendo: Guardai-vos de subir a montanha, de tocar-lhe a base. Quem tocar a montanha, morrerá certamente. 13Ninguém tocará o culpado; mas ele será apedrejado ou atravessado com flechas. Seja pessoa ou animal, não deverá ficar com vida. Só quando soar a trombeta, poderão subir a montanha”. 14Moisés desceu da montanha até onde estava o povo e o santificou. Depois de terem lavado suas vestes, 15ele lhes disse: “Estai preparados para o terceiro dia, e não vos aproximeis de vossas mulheres”.
16Quando chegou o terceiro dia, ao raiar da manhã, houve trovões e relâmpagos. Uma nuvem espessa cobriu a montanha, e um fortíssimo som de trombetas se fez ouvir. No acampamento o povo se pôs a tremer. 17Moisés fez o povo sair do acampamento ao encontro de Deus, e eles pararam ao pé da montanha. 18Todo o monte Sinai fumegava, pois o Senhor descera sobre ele em meio ao fogo. A fumaça subia como de uma fornalha, e todo o monte tremia violentamente. 19O som da trombeta ia aumentando cada vez mais. Moisés falava e o Senhor lhe respondia através do trovão.
20,18 Ora, todo o povo via os trovões, os relâmpagos, o som da trombeta e a montanha fumegando, e, aterrorizado, abalado com pavor, manteve-se à distância. 19E disseram a Moisés: “Fala-nos tu, e nós te ouviremos. Não nos fale o próprio Deus, para que não moramos”. 20E Moisés disse ao povo: “Não temais, pois o Senhor veio para vos provar e para que o seu temor esteja em vós, e não pequeis”. 21O povo mantinha-se à distância, enquanto Moisés se aproximou da nuvem escura onde Deus estava.


Do Livro do Êxodo             19,1-19; 20,18-21

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante