PRAGA DAS TREVAS E ANÚNCIO DA MORTE DOS PRIMOGÊNITOS

21O Senhor disse a Moisés: “Estende a mão para o céu, e haja trevas sobre a terra do Egito, tão densas que se possam apalpar”. 22Moisés estendeu a mão para o céu, e, durante três dias, houve trevas horríveis em toda a terra do Egito. 23Ninguém podia ver seu irmão, nem mover-se do lugar onde estava,durante três dias. Mas, onde quer que habitassem os filhos de Israel, havia luz.
24O Faraó mandou buscar Moisés e Aarão e lhes disse: “Ide e sacrificai ao Senhor; só vossas ovelhas e vossos bois ficarão; as vossas crianças também poderão ir convosco”. 25Moisés respondeu: “Mesmo que nos desses as vítimas dos sacrifícios e dos holocaustos, que vamos oferecer ao Senhor nosso Deus, 26os nossos rebanhos deverão ir conosco. Deles não ficará nenhuma rês, porque é deles que devemos tomar tudo que é necessário para o culto ao Senhor nosso Deus; até porque, enquanto não chegarmos lá, ignoramos o que deveremos oferecer ao Senhor”.
27Mas o Senhor endureceu o coração do Faraó, e ele não quis deixá-los partir. 28O Faraó disse a Moisés: “Afasta-te de mim, e cuida de não tornares a ver a minha face, pois, no dia em que me apareceres, morrerás!”
29Moisés respondeu: “Assim se fará, como disseste: não verei mais a tua face”.
11,1 O Senhor disse a Moisés: “Mandarei mais uma praga ainda sobre o Faraó e sobre o Egito. Depois disso, ele vos deixará ir embora; e mais: ele mesmo vos obrigará a sair daqui. 2Dize, pois, ao povo que cada homem peça ao vizinho, e cada mulher à vizinha, objetos de prata e de ouro”. 3O Senhor fez com que o povo conquistasse as boas graças dos egípcios. Também Moisés era um homem muito considerado na terra do Egito pelos servos do Faraó e por todo o seu povo.
4Moisés disse: “Assim diz o Senhor: À meia-noite farei uma incursão pelo Egito, 5e morrerão todos os primogênitos na terra dos egípcios, desde o primogênito do Faraó, que se assenta sobre o seu trono, até ao primogênito da escrava que faz girar a mó, e a todos os primogênitos dos animais. 6E haverá, então, em toda a terra do Egito, um clamor tal como nunca houve nem haverá jamais. 7Mas, quanto aos filhos de Israel, não se ouvirá sequer um cão rosnar, nem contra os homens nem contra os animais, para que saibas com que grande milagre o Senhor distingue entre egípcios e israelitas. 8Então todos estes teus servos virão procurar-me e se prostrarão diante de mim, dizendo: ‘Vai-te, tu e todo o povo que te segue’. Depois disso, partirei”. E Moisés, fervendo de cólera, retirou-se da presença do Faraó.
9O Senhor disse a Moisés: “O Faraó não vos ouvirá, para que se multipliquem os meus prodígios na terra do Egito”. 10Moisés e Aarão realizaram todos estes prodígios diante do Faraó; mas o Senhor endureceu o coração do Faraó, e ele não deixou que os filhos de Israel saíssem da sua terra.

Do Livro do Êxodo             10,21−11,10

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante