OPRESSÃO DO POVO DE DEUS

Naqueles dias, 5,1Moisés e Aarão apresentaram-se ao Faraó e lhe disseram: “Assim disse o Senhor Deus de Israel: ‘Deixa o meu povo partir, para me oferecer sacrifícios no deserto!’”. 2Ele, porém, respondeu: “Quem é o Senhor, para que eu ouça a sua voz e deixe ir Israel? Não conheço o Senhor e não deixarei Israel partir”. 3Eles disseram: “O Deus dos hebreus veio ao nosso encontro. Deixa-nos ir a três dias de marcha no deserto, para oferecermos sacrifícios ao Senhor nosso Deus. Do contrário, a peste e a espada virão sobre vós”.4O rei do Egito respondeu-lhes: “Moisés e Aarão, por que distraís o povo de seus trabalhos? Ide para as vossas tarefas!” 5E o Faraó acrescentou: “A população do país é muito numerosa; vós vedes que a população aumentou, e quereis agora fazer com que interrompam suas tarefas?”
6Naquele mesmo dia o Faraó ordenou aos inspetores do povo e aos capatazes, dizendo: 7“Não forneçais mais palha ao povo para fazer tijolos, como fazíeis antes: que eles mesmos juntem a palha necessária. 8Exigi, porém, a mesma quantidade de tijolos que antes, sem diminuir nada. Pois são uns preguiçosos e por isso gritam, dizendo: ‘Vamos oferecer sacrifícios ao nosso Deus’. 9Carregai esses homens com mais trabalho, e que realizem suas tarefas; e não deis ouvidos a palavras mentirosas”.
10Os inspetores do povo e seus capatazes foram, pois, dizer ao povo: “Assim disse o Faraó: Não vos dou mais palha; 11ide e juntai-a vós mesmos onde a puderdes encontrar. E, nem por isso, se diminuirá em nada o vosso trabalho”. 12O povo, então, se dispersou por toda a terra do Egito em busca de palha. 13Mas os inspetores de obras os pressionavam, dizendo: “Completai a tarefa marcada para cada dia, como fazíeis quando vos davam palha”. 14E os inspetores do Faraó açoitaram os capatazes dos filhos de Israel, que eles haviam nomeado, alegando: “Por que não completastes nem ontem nem hoje a mesma quantidade de tijolos que fazíeis antes?”
15Então os capatazes dos filhos de Israel foram se queixar ao Faraó, e clamaram: “Por que tratas assim os teus servos? 16Não nos fornecem palha, e exigem a mesma quantidade de tijolos; nós, os teus servos, somos açoitados, mas o culpado é o teu povo”. 17O Faraó respondeu: “Sois uns preguiçosos e por isso dizeis: ‘Vamos oferecer sacrifícios ao Senhor’. 18E, agora, ide trabalhar! Não vos será dada a palha, mas deveis produzir a mesma quantidade de tijolos”.
19Os capatazes dos filhos de Israel viram-se em má situação, porque lhes diziam: “Nada se diminuirá do número de tijolos que haveis de fornecer cada dia”.20Quando saíram da presença do Faraó, encontraram Moisés e Aarão, que estavam à espera deles, 21e lhes disseram: “Que o Senhor vos examine e vos julgue, pois nos tornastes odiosos aos olhos do Faraó e de seus servos, e lhes pusestes na mão a espada para nos matar”.22Então Moisés voltou-se para o Senhor e disse: “Senhor, por que afligiste este povo? Por que me enviaste? 23Pois, desde que me apresentei ao Faraó para lhe falar em teu nome, ele tem atormentado o teu povo e tu de modo algum o libertaste”.
6,1E o Senhor disse a Moisés: “Agora verás o que eu vou fazer ao Faraó. Por mão forte deixará partir os filhos de Israel, e será mesmo coagido a expulsá-los da sua terra”.

Do Livro do Êxodo                 Ex 5,1–6,1

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante