Sabedoria e insensatez

1A Sabedoria construiu sua casa,
levantou sete colunas.
2Imolou suas vítimas, misturou o vinho
e preparou a sua mesa.
3Enviou as empregadas para proclamarem,
dos pontos mais altos da cidade:
4“Quem for simples, venha a mim!”
Ao ignorante ela diz:
5“Vinde todos comer do meu pão
e beber do vinho que misturei!
6Deixai a ingenuidade e tereis vida plena!
Segui o caminho do entendimento!”
7Quem corrige o zombador obtém insultos,
quem repreende o ímpio atrai desonra.
8Não repreendas o zombador, porque te odiará:
repreende o sábio e ele te agradecerá.
9Dá conselhos ao sábio, e ele será mais sábio,
ensina o justo, e aprenderá ainda mais.
10O começo da sabedoria é o temor do Senhor,
e o conhecimento do Santo é prudência.
11Por mim se prolongarão os teus dias,
e teus anos serão multiplicados.
12Se fores sábio, o serás para teu proveito;
se te tornas enganador, somente tu o pagarás.
13A senhora Loucura é agitada,
é ingênua, nada conhece.
14Senta-se à porta da sua casa,
num assento que domina a cidade,
15para chamar os que passam na rua
e os que seguem o seu caminho:
16“Quem for simples, venha a mim!”
Ao ignorante ela diz:
17“A água roubada é mais doce,
o pão escondido é mais saboroso.”
18E não sabem que em sua casa estão as sombras,
e seus convidados, no fundo do inferno!

Do Livro dos Provérbios 9,1-18

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante