HOMILIA: V DOMINGO DO TEMPO COMUM - ANO A

 São João Crisóstomo
Catequese batismal 8
“Brilhe a vossa luz diante dos homens”

Realmente, assim como aqueles que ao mostrarem sobre as vestes na altura do peito as insígnias imperiais destacam-se diante de todos, da mesma forma nós que de uma vez por todas fomos revestidos de Cristo e considerados dignos de tê-lo morando em nós, se verdadeiramente o queremos, mediante uma vida perfeita, até mesmo silenciando, poderemos mostrar a todos a força daquele que reside em nós.
E da mesma forma que agora a desenvoltura de vosso vestuário e o brilho das vestimentas atrai todos os olhares, assim também, e para sempre – contanto que o queirais e conserveis o resplendor de vossa régia vestimenta –, podereis com muito mais rigor que agora, por meio de uma conduta perfeitíssima segundo Deus, atrair a todos os que observam um mesmo zelo e para a glorificação do Senhor.
Por esta razão, Cristo dizia de forma incontestável: brilhe vossa luz diante dos homens, para que vejam vossas boas obras e glorifiquem ao vosso Pai que está nos céus. Observa como Ele exorta a que brilhe a luz que existe em nós, não através das vestes, mas mediante as obras? De fato, ao dizer: brilhe vossa luz, acrescentou: para que vejam as vossas boas obras. Esta luz não se detém nos limites dos sentidos corporais, mas sim ilumina as almas e as mentes dos que observam e, após dissipar a treva da maldade, persuade aos que a recebem para que iluminem com luz própria e imitem a virtude.
Brilhe, diz, a vossa luz diante dos homens. E disse bem: diante dos homens. “Vossa luz seja tão grande que não somente ilumine a vós, mas que ilumine também diante dos homens que necessitam da sua abundância”. Portanto, como esta luz sensível afugenta a obscuridade e faz que caminhem corretamente os que tomaram este caminho sensível, assim também a luz espiritual que provém da conduta louvável ilumina aos que têm a vista da mente enturvada pela obscuridade do erro, e são incapazes de ver com precisão o caminho da virtude, limpa a remela dos olhos de suas mentes, os guia para o bom caminho, e faz que de agora em diante caminhem pelo caminho da virtude.
Para que vejam vossas obras e glorifiquem ao vosso Pai que está nos céus. “Vossa virtude, diz, vossa perfeição na conduta e o êxito de vossas boas obras desperte aos que vos observam a glorificar ao comum Senhor de todos”. Assim, cada um de vós, vo-lo suplico, coloque todo o seu empenho em viver com tal perfeição que eleve para o Senhor o louvor de todos os que vos contemplam.


Fonte: Lecionário Patrístico Dominical, pp. 129-130.

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante