Profissão de fé dos filhos de Abraão

Naqueles dias, falou Moisés ao povo, dizendo:
1“Quando tiveres entrado na terra que o Senhor teu Deus te vai dar por herança e tomares posse dela, estabelecendo-te aí, 2tomarás das primícias de todos os frutos do teu solo, colhidos no país que o Senhor teu Deus te dará, e, pondo-os numa cesta, irás ao lugar que o Senhor teu Deus tiver escolhido para que nele habite o seu nome. 3E tu te apresentarás ao sacerdote em exercício e lhe dirás: ‘Reconheço, hoje, perante o Senhor teu Deus, que entrei na terra que o Senhor jurou a nossos pais que nos ia dar’. 4O sacerdote receberá de tuas mãos a cesta e a colocará diante do altar do Senhor teu Deus. 5Dirás, então, na presença do Senhor teu Deus: ‘Meu pai era um arameu errante, que desceu ao Egito com um punhado de gente e ali viveu como estrangeiro. Ali se tornou um povo grande, forte e numeroso. 6Os egípcios nos maltrataram e oprimiram, impondo-nos uma dura escravidão. 7Clamamos, então, ao Senhor, o Deus de nossos pais, e o Senhor ouviu a nossa voz e viu a nossa opressão, a nossa miséria e a nossa angústia. 8E o Senhor nos tirou do Egito com mão poderosa e braço estendido, no meio de grande pavor, com sinais e prodígios. 9E conduziu-nos a este lugar e nos deu esta terra, onde corre leite e mel. 10Por isso, agora trago os primeiros frutos da terra que tu me deste, Senhor’. Depois de colocados os frutos diante do Senhor teu Deus, tu te inclinarás em adoração diante dele. 11Então tu te alegrarás com o levita e o estrangeiro que mora no teu meio, por todos os bens que o Senhor teu Deus te deu a ti e à tua família.
12Quando tiveres acabado de separar o dízimo de todos os produtos do terceiro ano, que é o ano do dízimo, tu o colocarás à disposição do levita, do estrangeiro, do órfão e da viúva, para que tenham na tua cidade o que comer com fartura. 13Dirás, então, perante o Senhor teu Deus: ‘Retirei de minha casa o que era consagrado e dei ao levita e ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, conforme o mandamento que me deste. Não transgredi os teus mandamentos nem os esqueci. 14Não comi nada disso em meu luto, não consumi nada em estado de impureza, não dei nada aos mortos. Obedeci à voz do Senhor meu Deus e em tudo fiz como me mandaste. 15Olha do alto da tua morada santa, de lá dos céus, e abençoa o teu povo Israel e esta terra que nos deste, como juraste a nossos pais, uma terra onde core leite e mel’.
16Hoje, o Senhor teu Deus te manda cumprir esses preceitos e decretos. Guarda-os e observa-os com todo o teu coração e com toda a tua alma. 17Tu escolheste hoje o Senhor para ser o teu Deus, para seguires os seus caminhos, e guardares seus preceitos, mandamentos e decretos, e para obedeceres à sua voz. 18E o Senhor te escolheu, hoje, para que sejas para ele um povo particular, como te prometeu, a fim de observares todos os seus mandamentos. 19Assim ele te fará ilustre entre todas as nações que criou, e te tornará superior em honra e glória, afim de que sejas o povo santo do Senhor teu Deus, como ele disse”.

Do Livro do Deuteronômio             26,1-19

You Might Also Like

0 comentários

Mapa De Visitante